Pelas fotos da para avaliar todo o estilo e beleza do novo lançamento reestilizado do Onix.

A Chevrolet lançou na segunda-feira (25) a primeira reestilização do Onix, que deve estrear a linha 2017 ao lado da versão Activ, pronta para aventura. Em sua primeira versão o carro que mais vendeu no país teve seu lançamento em 2012 e agora retorna com visual totalmente repaginado.

Os faróis ficaram mais incorporados e ganharam assinatura em Led, já as duas grades receberam uma afinada. Esses extras também estão valendo para o Sedã Prisma, que ganhou mais um brinde, algo como um ‘aerofólio’ unido a tampa traseira.

A nova versão do Activ 2017 foi equipada com um “peito de aço” na parte debaixo do para-choque frontal. Ganhou pintura na cor preta na peça que rodeia os faróis de neblina, já as caixas de roda exibem moldura em plástico negro e barras compridas no teto. E se não bastasse tanta transformação, o modelo ganhou desenho exclusivo para as rodas.

Os modernos utilitários Onix e Prisma ganharam para-choque novo na traseira e na parte de fora da corroceria as lanternas foram discretamente puxadas para baixo, no canto externo. No seu interior receberam a Central MyLink de segunda geração e as portas ganharam um novo conjunto de puxadores. Sem falar dos tecidos da forração interna, pra lá de modernos, além de sistema de monitorização e concierge OnStar.

Os motores 1.0 e 1.4 receberam atenção redobrada, além de modificações para menor consumo, com pneus de baixa resistência a rolagem. As cinco marchas que eram manuais foram trocadas por uma de seis velocidades, cedendo lugar ao sistema elétrico. Tudo em prol do baixo consumo de gasolina.

A GM recebeu nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem, melhorando em 18% com o Onix e 22% com o Prisma. Os preços acompanham o mercado e podem ser encontrados a partir de R$ 53.690 o Sedã Prisma e o Onix a partir de R$ 44.890. Contudo, as mudanças trouxeram as versões com mais variedades, pode-se encontra-las nas versões LT, LTZ e Activ. Segundo informação em primeira mão da Carplace, a versão LS será trocada pela configuração básica do Onix mais antigo.

Não perca o lançamento da marca à imprensa no dia 5 de agosto.

Por Ruth Galvão


Nesta matéria você vai encontrar tudo sobre as cinco versões do modelo que se encontram disponíveis no mercado brasileiro.

A Fenabrave divulgou a lista dos carros campeões de vendas no mês de maio deste ano e o grande vencedor, o Onix, está disponível em 5 (cinco) versões nos motores 1.0 e 1.4.

Com o motor 1.0 temos 2 (duas) versões disponíveis, a LS e a LT. Conforme as especificações mencionadas no site da fabricante, a versão LS não tem disponível 3 (três) itens de segurança de série, o Alarme antifurto, a Alça dianteira de teto e as Alças traseiras de teto.

Na parte do design o LT tem uma aparência diferente em relação ao LS, como a grade frontal com detalhes cromados, maçanetas pintadas da cor do carro e o volante com detalhes cinza. O LS tem painel central pintado na cor "Dark Ash Grey", coisa que o LT não tem. Uma característica que essas duas versões não tem em relação as outras 3 (três) é o painel de portas com tecido.

Na parte de conforto e conveniência das duas versões 1.0, o LT abre o porta malas por controle remoto, a chave é tipo canivete dobrável, tem luz de cortesia no porta-luvas, sistema de luz "leve-me" e "siga-me", travas elétricas nas portas e tampa de combustível e tem vidro elétrico como item de série.

As funções de rádio e telefone no volante não estão disponíveis na versão LS e é opcional na versão LT. Finalizando as diferenças entre eles, encontramos o sistema de som. No LS não está disponível a antena de teto, o conjunto de 4 (quatro) auto-falantes e o sistema multimídia e a provisão para instalação de rádio é item de série. Na versão LT, todos estes itens de som são opcionais.

Nos motores 1.4 temos as versões LT, LTZ e Effect, onde na parte de segurança, a única coisa diferente são os faróis de neblina, que não estão presentes na versão LT. Na parte de design só a versão Effect tem adesivos decorativos no capô, laterais e traseira, a grade frontal do radiador tem a cor e contornos em preto, "máscara negra" nos faróis e mais uma séries de itens que o LT  e o LTZ não tem. Diversas diferenças na aparência podem ser observadas nestas três versões. Computador de Bordo não está disponível na versão LT e é de série nas outras duas, já o controlador de velocidade de cruzeiro com comandos no volante não está disponível na versão Effect e é opcional na LT e LTZ.

Os motores de todas as versões aceitam Gasolina e Etanol e, além do preço, tem uma séries de itens diferentes entre eles que devem ser analisadas pelo futuro comprador.

Por: Fernando Dias





CONTINUE NAVEGANDO: