Confira os 5 carros flex mais econômicos do Brasil e suas características.

A escolha dos mais variados tipos de itens para serem utilizados de maneira rotineira exige, na atual situação de crise econômica, a consideração de seu aspecto financeiro de maneira muito importante.

Esta regra também vale para o setor automotivo com a sua delimitação acontecendo na união de tecnologias e bons preços sendo importante, neste caso, considerar de maneira relevante os carros flex mais econômicos do Brasil.

Critérios para carros flex mais econômicos do Brasil

A lista que será apresentada neste texto considera a avaliação feita pelo Inmetro que tem como critério básico o consumo energético dos modelos com a relação de que quanto menor este índice maior é a sua economia vinculada.

Caso este critério apresentado o qual é delimitado em mili joules por quilômetro seja igual entre dois automóveis ocorre a consideração da quantidade de gás carbônico que emitem em gramas por quilômetro.

Principais carros flex econômicos no Brasil

Em seguida serão apresentados de forma detalhada os carros com tecnologia do tipo flex para combustível que tem um consumo com maior economia no cenário automotivo nacional:

1) Peugeot 208

Este modelo possui motor de 1.2 litros PureTech com 3 cilindros apresentando um câmbio manual de 5 marchas com uma potência máxima de 90 cavalos em um torque de 13 Kgfm quando seu combustível é o etanol.

A sua economia maior, no entanto, ocorre com a gasolina quando chega a fazer 14,8 Km/l na cidade e 15,8 Km/l nas estradas enquanto que ao ser adotado etanol estes valores são de, respectivamente, 10,4 Km/l na cidade e de 11 Km/l nas rodovias.

Peugeot 208 2018

2) Volkswagen Up!

O Volkswagen Up! Também integra a lista dos carros flex mais econômicos do Brasil possuindo motor 1.0 litros TSI com rodas de liga leve de 14 polegadas de diâmetro alcançando 105 cavalos de potência no máximo.

Ao considerar o seu consumo de combustível com etanol faz 10 Km/l na cidade e 11,5 Km/l na estrada enquanto no seu uso com gasolina consegue ficar até 14 Km/l na cidade e 16,3 Km/l nas estradas nacionais.

Volkswagen Up 2018

3) Fiat Mobi

O Fiat Mobi apresenta motor 1.0 litros do tipo Firefly com câmbio automatizado GSR de 5 marchas o qual consegue fazer na cidade um consumo de 9,8 Km/l com etanol e de 14 Km/l usando gasolina como combustível.

Já quanto ao seu desempenho na estrada, são identificados índices de 11,1 Km/l com etanol e de 15,9 Km/l com gasolina possuindo, ainda, uma liberação de gás carbônico na proporção de 89 g/Km.

Fiat Mobi 2018

4) Ford Ka

Ao se considerar o Ford Ka enquanto automóvel econômico no consumo de combustível o modelo é aquele que apresenta motor de 3 cilindros do tipo 1.0 litros Ti-VCT o qual utiliza um câmbio manual de 5 marchas chegando a uma potência de 85 cavalos.

Quanto ao consumo para sua condução apresenta com etanol uma proporção de 9,2/10,8 Km/l para uso na cidade e estrada, respectivamente, enquanto ao escolher a gasolina esta relação passa a ser de 13,5/15,7 Km/l.

Ford Ka 2018

5) Citroen C3

O Citroen C3 é um modelo do tipo hatch médio equipado com motor 1.2 litros PureTech em um câmbio manual composto por 5 marchas perfazendo com o uso de etanol um consumo de 10,2 Km/l na cidade e de 10,8 Km/l na rodovia.

Este mesmo modelo quando utiliza a gasolina como combustível apresenta um consumo na cidade de 14,3 Km/l enquanto na estrada consegue fazer 15,6 Km/l além de ter um nível geral de gás carbônico emitido de 88 g/Km.

Citroen C3 2018

Conclusão

Desta maneira, os carros flex mais econômicos do Brasil possuem alternativas em praticamente todas as categorias oferecidas no mercado nacional permitindo a união de tecnologias avançadas com redução de gastos em seu uso relacionado.





CONTINUE NAVEGANDO: