Animais Pequenos podem Causar Problemas no Carro



  

Problemas no Carro podem ser causados por Animais Pequenos. Confira aqui algumas dicas de como evitar.

Imagine que você tenha um modelo de carro relativamente antigo. A tendência mais lógica é que quanto mais velho ele for mais os problemas deverão aparecer. A questão é que nem sempre é um problema técnico e pode ter relação com causas que nem sequer pensamos. Um bom exemplo é ter a fiação do automóvel roída por ratos. Difícil de acontecer? Não. Problemas no carro que são causados por pequenos animais são mais comuns do que se imagina.

Até parece brincadeira, mas tanto ratos quanto gatos estão de acordo quando o assunto é o carro. Ambos adoram o ambiente. O motivo é bem simples, os felinos, por exemplo, gostam de se abrigar em locais quentes e por isso na maior parte das vezes se embrenham pelo compartimento do motor. Caso o motorista não perceba nada antes de virar a chave do carro ele pode acabar matando o animal devido ao movimento da correia.

Já os ratos habitualmente sempre estão em busca de um local para se esconderem. Os carros não são exceção para eles. Ratos podem ser atraídos pelos mais variados aspectos. Talvez o carro tenha fica parado por muito tempo ou alguém deixou algum resto de alimento por perto e etc.

Quando pesquisamos um pouco sobre o assunto, principalmente considerando as empresas de higienização de carros, vamos encontrar os casos mais estranhos possíveis como, por exemplo, um rato morto no duto ventilação. Daí já imaginou o trabalho. Primeiro para achar o rato conforme o caso será necessário desmontar alguma coisa. Outro ponto péssimo é que cheiros impregnam facilmente em carros. O de animais mortos pior ainda, sem contar os casos em que mesmo depois de uma limpeza pesada o odor ruim ainda permanece.

De qualquer forma, é bom ficar atento a alguns pontos tanto pela proteção do veículo, do condutor e até do animal que por acaso possa estar escondido no carro.

Confira algumas dicas para ficar de olho:





– Cuidado com a ração de animais: Manter a ração de animais domésticos sempre fechada e não deixar nada como sobra onde ela é servida já é um começo. Imagine que você costuma alimentar seu cão em sua garagem, se sobrou algo na vasilha de alimentação a probabilidade dos restos atraírem ratos é grande.

– Atenção as luzes do painel: Se notar que há sinais apontando falhas nos freios e ABS e até no airbag, é bom dar uma conferida uma vez que isso pode indicar que algum tubo flexível ou fio foi danificado.

– Cuidado com animais domésticos dentro dos carros: Esse é um alerta principalmente para quem possui cães pequenos, por exemplo. Por natureza eles gostam de sair por aí mordendo coisas, em um simples descuido podem acabar mordendo os fios do sensor de presença que ficam embaixo dos bancos da frente.

– Limpeza: Sempre verifique se ninguém deixou nada dentro do carro que possa atrair insetos ou pequenos animais. Em especial as crianças que volta e meia deixam algo cair nos bancos ou no piso.

Por Denisson Soares



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *